Na manhã deste domingo (22), Felipe Alves de Lima, de 26 anos, foi brutalmente assassinado com seis tiros na cabeça. O homicídio aconteceu na Rua Alice da Silva Falcão, no bairro Vila Verde, em Mandaguari, região de Maringá. A Polícia Militar foi acionada através do 190 sobre disparos de arma de fogo no endereço mencionado.
Ao chegarem ao local, os policiais encontraram um homem ferido e aparentemente inconsciente no quintal de uma residência. O local foi isolado e o serviço de socorro foi acionado. A equipe médica do Samu, ao chegar na casa, constatou que a vítima não apresentava sinais vitais, indicando que a morte foi instantânea.
Diante dessa situação, a equipe da Polícia Militar acionou as Polícias Civil e Científica para realizarem os procedimentos padrão em casos de crimes contra a vida. O proprietário do imóvel relatou que estava chegando em casa quando foi surpreendido pela vítima, que fugia de um indivíduo armado com uma pistola, encapuzado e vestindo uma jaqueta preta. Ao abrir o portão, Felipe invadiu o quintal em busca de abrigo, mas foi alcançado pelo atirador. Em seguida, o suspeito fugiu em direção desconhecida.
O jovem assassinado possuía histórico criminal e, recentemente, havia saído de uma clínica de reabilitação para dependentes químicos. O delegado de Mandaguari, Dr. Zoroastro Neri, compareceu ao local juntamente com uma equipe do Setor de Homicídios da Polícia Civil do Paraná. Os agentes ouviram algumas testemunhas e iniciaram o trabalho investigativo. No local do crime, foram encontrados projéteis e estojos de pistola. O corpo da vítima foi encaminhado ao IML de Apucarana para os procedimentos legais.

Se é Notícia, #tanojornaldopovo