A família de Ísis Victória está passando por um momento de angústia e desespero após 15 dias de buscas pela jovem desaparecida em Tibagi, nos Campos Gerais do Paraná. O tio de Ísis desabafou sobre a dor que estão enfrentando e questionou se o principal suspeito do caso ficará preso por muito tempo, deixando a família cada vez mais aflita.
Nas redes sociais, o tio de Ísis pediu por justiça e expressou a luta da família para encontrá-la. Ele ressaltou a importância da força divina nesse momento e agradeceu por continuarem a receber forças para seguir adiante.
O desaparecimento de Ísis completa 15 dias nesta sexta-feira (21). A adolescente saiu de casa para se encontrar com Marcos Vagner de Souza, também conhecido como Marcos Rone, e desde então não foi mais vista. Câmeras de segurança registraram Ísis por volta das 18h02, mas depois disso não há mais informações sobre seu paradeiro.
Marcos Rone, apontado como o pai do filho que Ísis esperava, é o principal suspeito pelo desaparecimento e está preso desde o dia 17 de junho. Amigos e familiares da jovem procuraram Marcos para obter informações, mas ele entrou em contradições e não soube fornecer detalhes sobre o paradeiro de Ísis.
A família de Ísis continua com as buscas e reforçou a recompensa para quem encontrar qualquer pista que leve ao paradeiro da adolescente. A comunidade está mobilizada e espera que a justiça seja feita e que Ísis seja encontrada em segurança.

Se é Notícia , #tanojornaldopovo