Dois homicídios foram registrados em um curto intervalo de 13 horas na cidade de Mandaguari. Os crimes ocorreram em bairros distintos e elevaram o número de homicídios no município para 12 neste ano.
O primeiro caso ocorreu por volta das 22h, na Rua Tadashi Utiume, no bairro Jardim Progresso. Um adolescente de 12 anos foi morto a tiros enquanto conversava com amigos. Outro adolescente, de 14 anos, também foi atingido pelos disparos. Gabriel Moreira recebeu atendimento das equipes do SAMU e Siate, mas infelizmente não resistiu aos ferimentos e faleceu no local.
O segundo homicídio aconteceu em plena luz do dia, em frente à Escola Municipal Walter Antunes Pereira, no bairro Cinco Conjuntos. Wesley Rodrigo Romeiro Ferreira, de 28 anos, foi alvejado por pelo menos dez tiros. O jovem não teve nenhuma chance de se defender e morreu no local. Segundo informações preliminares, ele estava buscando sua enteada na escola quando dois homens encapuzados, dentro de um carro, chegaram atirando. A vítima já teria sofrido um atentado a tiros em sua residência na cidade de Jandaia do Sul. A motivação para os crimes ainda é desconhecida.
As ocorrências mobilizaram equipes do SAMU, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Polícia Civil e Polícia Científica. As autoridades estão investigando os casos e buscando identificar os responsáveis pelos homicídios. A comunidade está alarmada com a violência que assola a cidade, e medidas de segurança estão sendo discutidas para garantir a tranquilidade dos moradores.
A onda de homicídios em Mandaguari é preocupante, e é necessário um esforço conjunto das autoridades e da sociedade para combater a criminalidade e proporcionar um ambiente seguro para todos. A população espera por respostas e por ações efetivas para resolver essa situação alarmante.

Se é Notícia, #tanojornaldopovo