O Ministério Público do Paraná (MPPR) abriu um inquérito civil para apurar uma grave denúncia de assédio sexual envolvendo o prefeito de Inajá, Cléber Geraldo da Silva (PSD). A investigação foi iniciada após uma servidora da área da saúde relatar ter sido alvo de investidas por parte do prefeito.
De acordo com a comunicação oficial do procedimento administrativo, a servidora afirmou que, após rejeitar as investidas do prefeito, passou a sofrer perseguição política. O caso está sendo tratado em sigilo de Justiça devido à natureza delicada das acusações.
O inquérito está em andamento na comarca de Paranacity, localizada a 521 quilômetros de Curitiba. A medida visa garantir a imparcialidade e a proteção da vítima durante a investigação. As informações sobre o caso estão sendo mantidas em sigilo, respeitando a privacidade e a segurança dos envolvidos.
O Ministério Público reafirma seu compromisso em combater qualquer forma de assédio e violência, especialmente quando envolve agentes públicos. O resultado da investigação será fundamental para a busca da verdade e a aplicação da justiça no caso.
Fonte: Plural Curitiba

Se é Notícia , #tanojornaldopovo