Um adolescente de 17 anos foi apreendido na última segunda-feira (1º/7) em São Vicente, no litoral sul de São Paulo, acusado de agressões graves contra seu enteado, um bebê de apenas 2 anos. A criança está internada em estado grave na UTI da Santa Casa de Santos com traumatismo cranioencefálico.
De acordo com a polícia, o adolescente confessou ter agredido o menino porque ele estava chorando. No entanto, posteriormente, ele mudou a versão dos fatos e disse que ficou com raiva porque a criança havia urinado na cama.
O crime foi registrado no dia 30 de junho, quando a vítima deu entrada no hospital com diversas fraturas pelo corpo e um grave traumatismo craniano. Segundo o boletim de ocorrência, o casal, inicialmente, mentiu para a equipe médica, dizendo que o menino havia caído da cama enquanto brincava com a irmã.
A mãe do bebê, de 22 anos, também foi presa por omissão de socorro. O Conselho Tutelar foi acionado e a avó materna ficou responsável pela guarda provisória da criança.
O adolescente está apreendido e responde por maus-tratos e tentativa de homicídio. A mãe também será indiciada. O caso está sob investigação da Delegacia de São Vicente.
A criança permanece internada na UTI da Santa Casa de Santos, mas apresenta sinais de melhora. Ele não está mais intubado, mas ainda respira com a ajuda de aparelhos.

Se é Notícia , #tanojornaldopovo